SMAR inicia Road Show pelo Brasil

terça-feira, 17 de junho de 2008



Maringá foi o ponto de partida, onde reuniu profissionais do setor sucroalcooleiro para divulgar nova geração do SYSTEM302-7

É notório o grande avanço do Brasil na consolidação tecnológica de produção dos biocombustíveis originários da cana de açúcar, em especial o etanol. Grandes empreendimentos feitos com capital nacional e internacional vêm dando grande impulso aos diversos segmentos envolvidos na produção. Até 2012 o mercado brasileiro de etanol deve movimentar mais de 30 bilhões de dólares.

Este crescimento cada vez mais acelerado do setor sucroalcooleiro e de energia, movido pelo grande interesse pelo etanol brasileiro, a velocidade na troca de informações, o avanço e a procura cada vez mais pelas tecnologias digitais levam as empresas a buscarem resultados efetivos e a excelência operacional, agregando consequentemente competitividade às empresas fornecedoras.

Por nascer no país dos combustíveis renováveis e sua matriz localizada em Sertãozinho, maior polo sucroalcooleiro brasileiro, a SMAR tem know-how e conhecimento técnico do setor, desenvolvendo equipamentos e sistemas de automação há mais de 34 anos. Seu pioneirismo mundial no fornecimento de redes de automação e controle promoveu sua liderança, destacando o Brasil internacionalmente em termos de tecnologia fieldbus.

Para o vice-presidente da SMAR, Mauro Sponchiado, a empresa agrega inteligência em seus produtos e gera benefícios aos seus usuários com o seu sistema de automação. “As principais plantas do segmento possuem tecnologia e soluções SMAR. Estas soluções são aplicadas mundialmente. O SYSTEM302-7 tem enormes vantagens em relação ao que se encontra no mercado”, diz.

Para atualizar o mercado sobre suas tecnologias, especificamente sobre a nova geração do SYSTEM302-7, seu sistema de automação e controle, a SMAR está realizando vários eventos em um Road Show por todo o Brasil. O objetivo é levar a todas as regiões conhecimento técnico do que há de mais moderno no mercado de automação. O evento de lançamento do SYSTEM302-7, realizado em Maringá, no dia 11 de junho, reuniu no Hotel Deville mais de cinqüenta profissionais do setor sucroalcooleiro da região.


César Cassiolato, Diretor de Marketing da SMAR na abertura do evento

Durante as apresentações foram abordados detalhadamente as mais modernas tecnologias, benefícios e cases de sucesso do SYSTEM302-7. Sua conectividade com todas as mais diversas tecnologias posiciona o sistema como o mais avançado do mercado. Por ser completo e aberto, atende desde as aplicações e plantas mais simples às de grandes porte e críticas e proporciona redução nos custos operacionais, e disponibiliza informações em tempo real.

Particularmente no segmento de automação, verificamos a consolidação das redes digitais de automação como o caminho adotado, e em especial o Profibus, com suas variantes DP e PA. Isto se deve, em grande parte, à necessidade tecnológica que estes empreendimentos requerem, como baixo custo de implementação, segurança da informação, facilidades na operação e manutenção e com as integrações completas entre a instrumentação de campo e os chamados CCM inteligentes. Hoje as principais nova plantas de açúcar e etanol estão sendo projetadas com tecnologia Profibus.

Nestes projetos toda a integração dos softwares se faz através do Studio302, um componente do SYSTEM302-7 que permite o gerenciamento de todos os softwares necessários ao projeto, tornando a interface com o usuário amigável. O SYSTEM302-7 é um sistema de automação aberto com possibilidade de diagnósticos, maior tolerância a falhas, blocos de funções, FFBs (Blocos Flexíveis), conectividade OPC e com diversos protocolos, e uma série de outras características que o torna um sistema de controle completo e não um simples barramento de comunicação com integrações proprietárias. Sua escolha nas principais plantas do setor deve-se às funções de controle de processo que permitem agregar informações que possam trazer benefícios nas tomadas de decisões, garantindo a excelência operacional.

O sistema de automação utiliza tecnologias abertas que se integram perfeitamente ao hardware, ao mesmo tempo em que dá liberdade para conectar-se com software e hardware de outros fabricantes. Os usuários têm a liberdade para escolher os componentes e até mesmo construir o seu próprio sistema.

A flexibilidade e a capacidade de expansão da arquitetura do sistema possibilitam reconfigurações e expansões para atender as novas condições de processo sem grandes reinvestimentos. Tecnologias modernas possibilitam respostas rápidas às mudanças nas condições de mercado.
Em termos de excelência operacional, o setor sucroalcooleiro não é diferente de qualquer outro segmento e vem sofrendo constantes pressões para alcançar a excelência operacional, objetivando garantir sua competitividade.

Excelência operacional significa otimizar e dinamizar os processos através da análise de dados em tempo real facilitando a tomada de decisão, de forma inteligente, estratégica e em todos os níveis da organização.

Mas quais os níveis de resultados esperados? Podemos citar principalmente:

  • Otimização da Produção: Ao saber a real capacidade de produção, pode-se operar com mais precisão e melhor atender seus pedidos de compra.
  • Melhoria de Desempenhos: Ao usar a tecnologia digital e automação pode-se ter os processos aprimorados, pode-se gerenciar de maneira mais eficiente as operações da planta.
  • Padronização e disponibilidade facilitadas: Padronizando as métricas de performance, qualidade e de produção através de toda a planta, consegue-se manter a integridade da marca e garantir disponibilidade de produto.
  • Redução de custos: Identificando e resolvendo ineficiências nos processos e na produção, pode-se melhorar a agilidade geral da empresa, a relação custo-benefício e os resultados financeiros finais

O mercado
A principal característica da matriz energética brasileira reside na elevada percentagem de energia renovável, sendo que, um quarto da energia primária provém de biomassas exploradas comercialmente, caracterizando situação diferenciada e única no mundo quando comparada às outras fontes de energia.

Na matriz de fontes e usos do Brasil coexistem distintas cadeias bioenergéticas como a do etanol de cana de açúcar. É notório o papel de destaque que o Brasil poderá representar no contexto energético mundial, quer seja alterando fortemente sua matriz energética para um perfil altamente renovável, e ainda, suprindo importantes mercados externos, demandantes por biocombustíveis.

Este destaque tem chamado a atenção do mundo todo, sobretudo nos contextos recentes de custos elevados das energias fósseis convencionais.
O etanol brasileiro já é reconhecido mundialmente como um dos melhores combustíveis, fonte limpa e renovável de energia, onde o SYSTEM302-7 contribui na automação de sua produção, sendo um sistema de controle também brasileiro e reconhecido mundialmente. “O SYSTEM302-7 vem fornecendo a todo setor sucroalcooleiro um novo conceito de controle em redes e os mais diversos benefícios, com uma tecnologia moderna e inteiramente nacional”, finaliza Sponchiado.