Ferramenta de gerenciamento de ativos e manutenção da SMAR vem conquistando o mercado

terça-feira, 25 de outubro de 2011



 

A SMAR lançou, recentemente, sua nova ferramenta para o mercado de gerenciamento de ativos e manutenção, o AssetView StandAlone. Este produto é capaz de gerenciar equipamentos de campo Profibus e HART baseados em tecnologia FDT/DTM, possibilitando o monitoramento, diagnósticos avançados, solicitações de manutenção automáticas, além de gerar relatórios condensados para os gestores industriais de forma fácil e simples, facilitando a tomada de decisão.

Nos sistemas tradicionais de gerenciamento, todas as informações sobre a condição dos equipamentos e atividades de calibração eram checadas e digitadas manualmente e em modo offline.

A tecnologia Fieldbus usada no SYSTEM302 tornou possível para o AssetView acessar funções novas e valiosas, tais como diagnóstico e estatísticas de operação, identificação de equipamento e histórico de calibração armazenados no próprio equipamento.

Um sistema de controle moderno necessita de mais do que uma simples ferramenta de configuração e monitoramento. Para monitorar a condição do sistema de controle, uma planta moderna necessita de um sistema de gerenciamento de patrimônio que tenha funções de configuração e monitoramento, além de funções de calibração de equipamentos de campo, diagnóstico, identificação e setup.

O uso de softwares de manutenção tem se tornado cada vez mais importante, à medida que engenheiros e técnicos se familiarizam mais com computadores do que multímetros.

 

Diferenciais do software:

  • Calibração/configuração remota de equipamentos;
  • Monitoramento contínuo da condição da planta; 
  • Agendamento manual ou automático de manutenção;
  • Atividades proativas de manutenção;
  • Diagnóstico de equipamentos e armazenamento de informação em banco de dados;
  • Comparação entre resultados de diagnósticos;
  • Comparação entre configurações;
  • Registro do histórico de acessos com rastreio de usuário;
  • Vários níveis de acesso ao aplicativo;
  • Gerenciamento de equipamentos via Internet em qualquer equipamento, incluindo SMARtphones;
  • Relatórios consolidados por área, tag ou modelo de equipamento;
  • Visão personalizada de equipamentos, diferenciando-os através de áreas industriais ou através de segmentos físicos ou lógicos de rede, o que facilita a monitoração e localização de falhas.

Colocar esta versão AssetView StandAlone no mercado foi uma estratégia importante para que a SMAR atenda uma demanda crescente de clientes de instrumentação que buscam melhorias operacionais e aumento no ciclo de vida de suas plantas.

De acordo com Leandro Torres, Gerente de Sistemas e Soluções da SMAR, muitos clientes não possuem gerenciamento de ativos e sim configuradores. “Durante o processo de desenvolvimento do AssetView StandAlone, tivemos o apoio de clientes e parceiros importantes. Sem esta participação, o produto não teria o apelo de mercado que a SMAR sempre busca em suas soluções”.

Todas as versões do AssetView acompanham o desenvolvimento mundial de várias tecnologias e recebem atualizações frequentes de seu conteúdo. “Normalmente essas atualizações são anuais. Clientes que adquirem nossos planos de atualização continuada passam a contar com o direito de atualizar seus aplicativos com investimentos muito reduzidos”, acrescenta o Gerente.

De um modo geral, esta nova versão do AssetView promoverá melhorias significativas no que se refere ao dia a dia da planta. “A expectativa é que no caso de válvulas em específico, é que essas só sejam retiradas do processo quando não houver alternativa técnica. Isso reduz em muito os custos de manutenção e de produção”, comenta Torres.

As principais vantagens do produto são:

  • Maior produtividade dos equipamentos;
  • Mais eficiência da manutenção;
  • Boa disponibilidade da planta;
  • Menos defeitos de equipamentos;
  • Poucas paradas da produção;
  • Menores custos de inventário;
  • Menos paradas não planejadas.