Interoperabilidade do SYSTEM302 aprovada na Venezuela

domingo, 15 de fevereiro de 2004



Os testes foram realizados nas instalações da PDVSA

O SYSTEM302 da Smar foi aprovado em teste de interoperabilidade na PDVSA, a empresa estatal de petróleo da Venezuela. Este certificado reflete o sucesso da tecnologia Foundation Fieldbus no mercado petrolífero latino-americano. Os testes foram realizados nas instalações da PDVSA de Guarago, na cidade de Puerto la Cruz. O grupo técnico incluiu Claudio Aun Fayad, Adriano Teixeira e Swen Rodulfo, todos da Divisão Internacional da Smar, Alberto Garcia, da Eleinca, representante da Smar na Venezuela, e um grupo da PDVSA, constituído de representantes de vários setores da indústria petrolífera.

Para estes testes, que abrangeram a instalação, configuração e manutenção do sistema, a Smar usou o SYSTEM302 com um DFI302 redundante, composto de três canais H1. Um dos canais continha somente equipamentos Smar, e o outro com equipamentos Smar e de outros fabricantes. O sistema também incluiu o DC302 (processador I/O de Foundation Fieldbus discreto de controle remoto) e um co-processador lógico para os I/Os convencionais.

Outro requisito para a aprovação nos testes foi uma comunicação satisfatória do SYSTEM302 com o SCADA usando o servidor de OPC da Smar, provando a abertura do SYSTEM302 à integração aos demais sistemas e supervisórios.

As etapas do programa incluíram, entre outras, a instalação e a configuração de um canal de Foundation Fieldbus, a detecção automática de instrumentos do sistema, teste de funcionalidade da malha de controle e a realização de uma configuração on-line sem afetar o processo.