Maior fábrica de biscoitos do mundo tem automação brasileira

quinta-feira, 27 de julho de 2006



No mercado desde 1939, os biscoitos fabricados pela Parle Products, da Índia, são líderes mundiais em venda, com 180 milhões de quilos produzidos a cada ano. Na Índia, a Parle representa 40% do mercado desses produtos e também exporta para vários países da Ásia e do Oriente Médio.

Localizada em Beharaich, perto de Lucknow, no estado de Uttar Pradesh – norte da Índia, a maior fábrica mundial de biscoitos é sinônimo indiano de qualidade e saúde por conter ingredientes nutritivos que servem como suplemento alimentar para uma população que, apesar de contar com a 10ª maior economia do mundo, ainda sofre com a desnutrição.

A fábrica é tão grande e de tamanha importância para a Índia que a construção de uma usina de açúcar em seu interior tornou-se indispensável. A idéia é que o açúcar, ou seja, matéria-prima para a produção de doces, seja fabricado ali mesmo, gerando uma grande economia para a Parle Products.

Ciente da importância da ação empreendedora da fábrica de biscoitos, a Smar iniciou uma negociação com a empresa através de seu Integrador de Sistemas no país, a Indpro, com sede em Pune, estado de Maharashtra. Em 2006, a Usina teve sua primeira safra de açúcar, com automação da multinacional brasileira, processando 2.500 toneladas de cana por dia.

A Smar forneceu o controlador lógico programável LC700 que “fiscaliza” todo o processo industrial, além de outros equipamentos de campo com instrumentação 4 a 20 mA que beneficiam a operação na indústria. O sistema e os instrumentos da Smar controlam várias seções da usina, como moendas, caldeiras e cozedores. A supervisão de toda a planta está sendo realizada com três estações de operação integradas, interconectadas por fibra óptica.

“A Smar está no mercado indiano há mais de uma década, porém, o Brasil tem conquistado sucesso neste país há três anos devido às parcerias confiáveis com suporte técnico adequado e disposição de investimento”, explica Max Ludewig, gerente de negócios da Smar.

A Índia representa quase 10% do mercado internacional da Smar. O país, segundo maior produtor mundial de açúcar – atrás apenas do Brasil – possui um mercado com crescimento contínuo, atraindo grandes fornecedores. A empresa brasileira automatizou diversas usinas do país – que tem aproximadamente 600 em todo o território.