Smar se prepara para participar da maior vitrine da tecnologia latino-americana

terça-feira, 14 de novembro de 2006



Consolidada como um dos maiores eventos mundiais em automação industrial, a ISA Show South América, feira promovida pelo Distrito 4 da Instrument Society of América – ISA, uma das maiores entidades internacionais de suporte ao setor, recebe a Smar Equipamentos Industriais, de Sertãozinho, em sua 10ª edição, que acontece de 21 a 23 de novembro em São Paulo, e espera receber mais de 20 mil visitantes de países como Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Itália, Rússia, China, Argentina, Paraguai e Venezuela.

Acostumada a lidar com tecnologia de ponta todos os dias, a Smar mostra nessa edição da feira seus principais produtos criados para aperfeiçoar processos industriais nos mais variados setores. “Nossa presença no ISA Show representa uma participação importante nas indústrias de todo o mundo. A Smar se considera uma das alavancas que impulsionam o setor”, afirma Luis Carlos Geron, gerente de área do Departamento de Engenharia de Aplicações da multinacional.

A empresa preparou sete plataformas para o estande desse ano. Dentre os equipamentos e sistemas já consagrados no setor, estão tecnologias e produtos com os protocolos Foundation Fieldbus, HART, Profibus, DeviceNet, HSE (High Speed Ethernet), além da solução integrada do System302, Gerenciamento de Ativos Via Web AssetView, Atuador Cilíndrico Pneumático – ACP301 4 a 20mA, transmissores de pressão, temperatura e densidade, posicionadores, conversores, caixas de junção, Válvulas Manifolds, entre outros. Como novidade para esse ano, a Smar leva ainda para o evento dois lançamentos da linha HART: o transmissor de nível inteligente RD400 e a família FY400 de posicionadores inteligentes.

Atualmente, a Smar é a maior fabricante de equipamentos de campo da América Latina, fornecendo sistemas completos de automação atendendo aos mais diversos mercados, entre eles, o de petróleo e gás, o de produtos petroquímicos, refinarias, indústrias de papel e celulose, tratamento de água e saneamento, usinas de eletricidade, indústrias farmacêuticas, de bebidas e alimentação, mineradoras, energia nuclear e aplicações marítimas.