Fabricando o Futuro vai à UFU em Minas Gerais

sexta-feira, 12 de janeiro de 2007




A engenheira da Smar Viviane Marchioni interage com alunos em palestra sobre mercado de trabalho

A Smar participou através de seu projeto de Responsabilidade Social “Fabricando o Futuro” da 5ª Jornada do Programa de Educação Tutorial – PET, da Universidade Federal de Uberlândia, que este ano teve como tema “Ciência e Tecnologia: Avanços e Implicações”.

O evento aconteceu no campus da universidade mineira entre os dias 13 e 17 de novembro. “O programa avançou para além dos colégios de Sertãozinho e chegou até Minas Gerais, onde cerca de 250 pessoas assistiram às apresentações do projeto, que foram escolhidas para abrir o evento”, afirmou Pedro Biondo, gerente de marketing da Smar.

A jornada PET tem o objetivo de convidar os atuais alunos e candidatos a futuros universitários a desenvolverem a responsabilidade social, promoverem a cidadania e cultivarem a solidariedade, além de divulgar a convivência e integração entre universidade e comunidade.

De acordo com Biondo, por se tratar de uma empresa envolvida com pesquisa de novas tecnologias e desenvolvimento de patentes e inovações, a Smar foi convidada para proporcionar uma visão dos avanços tecnológicos aos alunos e trazer a realidade e a prática até eles. “Isto é alcançado através de palestras informativas apresentadas por profissionais da própria empresa, oferecendo informações sobre a importância da responsabilidade social, a evolução da tecnologia e inovação e sobre o mercado de trabalho, escolha de profissões e carreira profissional”, detalha.

A engenheira da Smar Viviane Marchioni interage com alunos em palestra sobre mercado de trabalho Segundo André Luiz Machado de Oliveira, um dos coordenadores da jornada, o programa encaixase perfeitamente dentro dos objetivos do evento e é um exemplo a ser seguido por outras empresas. “Pretendemos divulgar as palestras em outros eventos, contribuindo dessa forma para alertar a comunidade sobre a importância da formação tecnológica e suas implicações”, enfatiza.

“Com o projeto, a Smar contribuiu na complementação da formação dos estudantes da universidade e da comunidade de Uberlândia, e por tratar de questões relacionadas à sociedade, tecnologia e globalização, o programa tem como objetivo tornar os jovens mais conscientes de suas funções na sociedade, reduzir desigualdades e ampliar sua consciência humana, profissional e social”, completa Biondo.