Sistema de automação e controle é apresentado em encontro da Fieldbus Foundation

segunda-feira, 1 de outubro de 2007



Realizado pela primeira vez no Brasil, o Fieldbus Foundation Educational Seminar reuniu, no dia 12 de julho, em São Paulo, empresas de engenharia, integradores de sistemas, usuários finais e fabricantes de equipamentos e sistemas para automação, contando com a presença de mais de 200 técnicos.

No encontro, a Smar apresentou as inovações do System302, único sistema do mercado de automação e controle de processos a integrar as mais reconhecidas tecnologias de comunicação industrial como Foundation fieldbus, Profibus, HART, DeviceNet e AS-i em uma rede High Speed Ethernet.

O evento, promovido pela Fieldbus Foundation, faz parte de uma série de 28 seminários que estão sendo realizados em todo o mundo, incluindo o Brasil pela primeira vez. O tema abordado foi Changing the Playing Field, com tópicos como: novidades da tecnologia, escalabilidade, integridade de processos e inteligência no campo. Empresas como Petrobras, Deten, Cenibra e Rhodia, apresentaram suas experiências com o protocolo, enriquecendo a troca de experiências entre os usuários.

Alexandre Pessoa, engenheiro de automação da Deten, ressaltou a importância dessa troca de experiências entre usuários. Para ele, o trabalho apresentado pela Petrobras na definição do protocolo respalda aqueles que estão escolhendo ou já optaram pela tecnologia.

Segundo o gerente de produto da Smar, Leandro Torres, o evento trouxe vários benefícios à empresa. “Os casos de sucesso apresentados fortaleceram a posição de destaque da Smar no mercado de automação mostrando ao público os reais benefícios que o System302 pode trazer aos seus usuários, uma vez que eles têm à sua disposição, todas as facilidades e benefícios de uma infra-estrutura digital integrada e padronizada. A capacidade de atualização tecnológica e seu vanguardismo nas soluções Foundation fieldbus fazem da Smar uma referência mundial”.

O diretor de desenvolvimento da Smar e membro do Comitê de Marketing da Fieldbus Foundation, Libânio de Souza, acrescentou: “Nesses 19 anos que trabalhamos com o fieldbus, participando desde sua definição inicial, sentimo-nos honrados de estar promovendo esta tecnologia pela primeira vez, junto com a Fieldbus Foundation, no Brasil”.

Para Bill Tatum, gerente de marketing da fundação, a formação de um Comitê de Marketing da Fieldbus Foundation no Brasil é indispensável, assim como um conselho de usuários finais que possivelmente será um dos trabalhos desenvolvidos pela comissão recém-formada no Brasil.