Sanecap já estrutura seu sistema para receber automação

terça-feira, 3 de março de 2009



A SMAR - First in Fieldbus - empresa brasileira, realizou hoje (19-02), no período matutino, no Centro de Convivência da Companhia de Saneamento da Capital - Sanecap, uma palestra sobre "Automação no Sistema de Saneamento".

Direcionada aos técnicos operacionais da Sanecap, o emprego desta tecnologia, conforme a SMAR, é fundamental pra a obtenção de um processo plenamente satisfatório nos módulos trabalhados na área de  saneamento básico. Esta automação será implantada nas Estações de Tratamento de Água – ETAs, Estações de Tratamento de Esgoto – ETEs e nas Captações de Água em Cuiabá.

Essa palestra foi proferida pelo engenheiro de Aplicações, Ricardo Argolo, gerente de Área de Automação da SMAR, que relatou aos presentes as soluções de saneamento e experiências executadas pela empresa nas companhias de saneamento de Minas Gerais (Copasa), São Paulo (Sabesp), Paraná (Sanepar), Ceará (Cacege), Tocantins (Saneatins) entre outros sistemas isolados de saneamento.

Para recebimento da nova tecnologia, a Sanecap adquiriu 24 macros-medidores, os quais estão instalados nas Estações de Tratamento de Água Wilson Pereira Padilha (Porto), Engenheiro José Brunelo Bombana (ETA I), Austregésilo Homem de Mello (ETA II), Coophema, Parque Cuiabá e Ribeirão do Lipa.

Os macro-medidores fornecem os dados de vazão e volume de água, os quais serão usados para aperfeiçoar a distribuição de água nas diversas linhas de abastecimento na Capital, além de combater as possíveis perdas existentes e, ao mesmo tempo, deixando para trás técnicas ultrapassadas, informou Marciso Foletto Pereira, gestor operacional do Setor de Distribuição e Macro-medição, da Sanecap.

Clique aqui e veja o artigo original