AuditFlow7.1: alta precisão e confiabilidade para medições de vazão

terça-feira, 19 de maio de 2009




A Smar acaba de lançar o AuditFlow7.1, segunda geração do seu sistema de medição de vazão. Destinada a aplicações de transferência de custódia, fiscal e apropriação, a novidade representa a evolução e consolidação da empresa neste mercado.

A versão atual ganhou um novo computador de vazão, o HFC302, e incorporou a medição de outros produtos além do gás natural, petróleo e seus derivados, como: etanol, vapor, vapor úmido, argônio, oxigênio, nitrogênio, dióxido de carbono e amônia.

Como parte integrante do SYSTEM302 da Smar, o AuditFlow agrega ao reconhecido sistema de controle a capacidade de medição de vazão com caráter de transferência de custódia, fiscal e apropriação. Com a eliminação dos conversores A/D e D/A, este sistema passa a se destacar pela reduzida incerteza da medição obtida pela comunicação digital Foundation fieldbus.

O AuditFlow traz ainda características como:

  • Adequação a novas normas internacionais: ISO5167, AGA10, AGA11, API MPMS 11.1:2004 e outras;
  • Integração com provador compacto e medidor mestre;
  • Linguagens de configuração: diagrama de blocos funcionais e lógica ladder;
  • Suporte a redes HSE/H1;
  • Suporte a aplicações de sistema SCADA via rádio ethernet ou serial e rede de telefonia celular GSM/GPRS;
  • Preparo para aplicações em exploração e produção, teste de poço, medição de apropriação, transporte e distribuição;

Reconhecido por sua alta precisão e confiabilidade, o AuditFlow7.1. já está em operação em dois sistemas: MMX (Amapari) – medição de óleo combustível em termelétrica e Jetty Project / WigDoo (Sérvia) – transferência de custódia de derivados de petróleo.

A solução atende diversos segmentos industriais, como produção, exploração, transporte, distribuição de petróleo, derivados e gás natural, indústria química, termelétrica e usina de álcool.