Centro Universitário Univates conta com equipamentos Smar em Laboratório de Automação

terça-feira, 19 de maio de 2009



O Laboratório de Automação Industrial do Centro Universitário Univates, em Lajeado, no estado do Rio Grande do Sul, utiliza instrumentos de campo da Smar em uma planta didática de líquidos, idêntica a uma planta industrial.

Inaugurado no dia 11 de dezembro de 2008, o laboratório tornou-se um centro de referência para os alunos e para a região. Sua infraestrutura de primeira linha, suas tecnologias e equipamentos recriam o ambiente encontrado em diversas empresas. Entre os equipamentos disponíveis no laboratório estão transmissores de temperatura e vazão, controlador de redes digitais e transdutores Smar, interligados em uma rede Foundation fieldbus.

Com o objetivo de capacitar alunos em redes digitais, o projeto oferece uma arquitetura aberta, permitindo que diferentes turmas agreguem funcionalidades à planta, que trabalha com variáveis como vazão, pressão, nível, temperatura e pH.

O Engenheiro de Vendas da Smar no Rio Grande do Sul, Jailson Capistrano, destaca que o projeto, cuja construção foi executada pelos próprios alunos, abriu possibilidades e conhecimentos em estruturação de rede, montagem, instalação e configuração dos equipamentos. “Através da parceria com a Univates a Smar tornou acessível uma tecnologia de ponta com preço altamente competitivo.


Equipamentos de campo Smar instalados em laboratório enriquecem experiência prática dos universitários

Os alunos foram capacitados e comprovaram as facilidades de se atuar com os equipamentos Foundation Fieldbus da Smar”, ressalta. Segundo o Coordenador do curso de Engenharia de Controle e Automação da Univates, MSc. Professor Robson Schäeffer, a estrutura montada permite aos acadêmicos se qualificarem utilizando equipamentos semelhantes aos que eles vão encontrar no mercado de trabalho. “As empresas também são beneficiadas, já que os futuros profissionais sairão altamente qualificados. Outra vantagem do projeto é disponibilizar tecnologia de ponta em sala de aula, mantendo professores e estudantes sintonizados com o estado da arte em instrumentação e controle de processos”, afirma Schäeffer.