Cidadão do Futuro: SMAR e SESI unem-se em programa para formação profissional de jovens

terça-feira, 20 de outubro de 2009



A SMAR e o SESI – Serviço Social da Indústria, de Sertãozinho, SP, acabam de lançar o Programa Cidadão do Futuro, um novo projeto social que resulta de uma parceria entre as duas instituições. No dia 2 de outubro, no Ginásio de Esportes do SESI, um evento marcou o início do projeto, que atenderá, durante 18 meses, 120 adolescentes de 14 e 15 anos já inscritos no PAF – Programa Atleta do Futuro do SESI.

Divididos em quatro turmas, os alunos terão aulas quinzenais e receberão orientação vocacional, noções de meio ambiente, cidadania e qualidade de vida, entre outros temas, e farão visitas periódicas às unidades da SMAR. Durante a celebração, o Presidente da Câmara Municipal, Rogério Magrini dos Santos, discursou: “Faço um apelo às empresas para que sigam o exemplo da SMAR, e a cada jovem, para que preste atenção em todas as visitas e palestras, pois esta será uma oportunidade muito valiosa de se tornar um grande jovem cidadão”.

Segundo o Diretor do SESI de Sertãozinho, Cyro César Maricato, o projeto vai preencher uma necessidade identificada ao longo dos 10 anos do PAF. “No Programa Atleta do Futuro, a alavanca é o esporte. Alguns outros conceitos importantes para os jovens, que antes eram abordados timidamente, agora serão aprofundados no Cidadão do Futuro, como a orientação vocacional, por exemplo”, afirma. “Uma empresa como a SMAR tem muito a oferecer a esses jovens. O contato com diferentes profissionais nos diversos departamentos da empresa, e sobretudo com o meio industrial, será uma ferramenta excelente para nortear suas escolhas profissionais”, completa Maricato.

Para César Cassiolato, Diretor da SMAR, a oportunidade de mostrar aos jovens que o brasileiro tem potencial de garantir um futuro soberano e sustentável é muito gratificante. “Mais do que em qualquer outra época, hoje nenhum país do mundo consegue avançar sem valorizar o cidadão e sem investir seriamente em ciência e tecnologia. É com este intuito que nasce o Programa Cidadão do Futuro, para promover conhecimento e esporte de forma sustentável, investindo em cidadania”, finaliza.