Cidadão do Futuro: organizadores apresentam resultados do Projeto à sociedade

sexta-feira, 30 de julho de 2010



Para apresentar os resultados do Projeto Cidadão do Futuro à sociedade, a Smar e o SESI (Serviço Social da Indústria) de Sertãozinho reuniram a imprensa, empresários e representantes de sindicatos e associações da região na sede do SESI. No encontro, que aconteceu no dia 23 de julho, foi lançada também a nova marca do programa.

Ao abrir o evento, Cyro César Maricato, Diretor do SESI de Sertãozinho, agradeceu a presença de todos e disse que o Projeto Cidadão do Futuro é o primeiro de muitos programas que ainda podem surgir. “Neste projeto, os jovens são os primeiros beneficiados. Mas na verdade, quem ganha com isso é toda a sociedade, já que boa educação e boas maneiras resultam em um mundo mais justo”.

Segundo Guilherme Moretti, Gestor do programa pela Smar, e que juntamente com Ricardo Alexandre Machado (SESI) é um dos idealizadores do Projeto Cidadão do Futuro, para a empresa é uma grande satisfação contribuir com a formação destes jovens. “Para os adolescentes, o Projeto representa um ponto de referência quando o assunto é escolha profissional e mercado de trabalho. Já para nós, organizadores, esta é a oportunidade de contribuir com a construção de futuros cidadãos, para que tenham bons valores e princípios éticos”, alegra-se Moretti.

Fábio Bronzi, Psicólogo responsável pela parte científica do Projeto, mostrou os resultados obtidos nestes oito meses de encontros. “É possível observar que os jovens já desenvolveram uma capacidade crítica, o que ajuda no crescimento de cada um. Além disso, mudanças nos relacionamentos também puderam ser comprovadas”, conclui.

 

 

Projeto

Lançado em outubro do ano passado, o Projeto Cidadão do Futuro é uma iniciativa da Smar e do SESI de Sertãozinho e oferece orientação vocacional e formação social a jovens de 14 a 16 anos já inscritos no Programa Atleta do Futuro do SESI.

Por 18 meses, 120 alunos participam de aulas quinzenais sobre diferentes temas, entre eles meio ambiente, qualidade de vida e cidadania, além de orientação vocacional. Em alguns destes encontros acontecem também visitas às unidades da Smar, para que os jovens conheçam de perto o trabalho diário de uma empresa.

Em todos os encontros são sorteados livros paradidáticos entre os alunos. No final do programa, os melhores de cada turma ganharão laptops de presente. Para conseguir o prêmio, é preciso, além de muita dedicação, seguir alguns critérios pré-estabelecidos pela organização do Projeto.