Equipamentos para Aplicações SIL da Smar, LD400SIS e TT400SIS, possuem diagnósticos avançados e auxiliam os Sistemas de Segurança

segunda-feira, 9 de agosto de 2010



Com o objetivo de complementar a sua linha de transmissores de pressão e temperatura, a Smar desenvolveu recentemente dois equipamentos para aplicações SIL: o LD400SIS e o TT400SIS, utilizando protocolo HART®, que possuem hardware com alto MTBF (Medium Time Between Fails - Tempo Médio entre Falhas) e diagnósticos avançados.

O LD400SIS é um transmissor inteligente de pressão usado na medição de pressão diferencial, absoluta, manométrica e aplicações com nível e vazão. O sinal de saída 4 a 20 mA do equipamento corresponde à pressão aplicada.

Estas informações são transmitidas a um PLC e podem ser mostradas no display LCD ou monitorada remotamente via comunicação HART. O LD400SIS é certificado pela TÜV para aplicações de segurança.

Já o TT400SIS, também certificado pela TÜV, é um transmissor usado principalmente na medição de temperatura com RTDs ou termopares. Estes equipamentos aceitam até dois sensores e podem operar em qualquer um dos seguintes modos:

  • Medição simples com apenas um sensor, fornecendo uma saída em corrente ou via comunicação;
  • Medição diferencial, dois sensores (mesmo tipo), fornecendo uma saída em corrente ou via comunicação;
  • Medição tipo backup, dois sensores (mesmo tipo), fornecendo uma saída em corrente ou via comunicação;
  • Medição máxima, mínima ou média com dois sensores (mesmo tipo), fornecendo uma saída em corrente (somente HART®).

 

Os Sistemas Instrumentados de Segurança (SIS) são designados e usados para prevenir ou amenizar eventos perigosos, proteger pessoas e o meio ambiente, bem como prevenir danos aos equipamentos de processo. O projeto SIS é baseado nos danos que uma falha pode causar.

Os equipamentos SIS possuem diagnósticos avançados. Se uma falha ocorrer, não sendo possível medir a pressão ou temperatura dentro de suas especificações, eles informarão, por meio do protocolo utilizado, o que está acontecendo e o processo pode ser colocado em um estado seguro, já que nesta condição a corrente de loop ficaria comprometida. Desta forma, a falha se torna segura.

Nos sistemas de segurança busca-se a minimização de riscos em níveis aceitáveis e o nível SIL (Safety Integrity Level - Nível de Integridade de Segurança) para uma malha de controle pode ser determinado pela análise e identificação dos riscos do processo. A verificação do nível SIL pode ser feita pela análise dos seguintes fatores, considerando-se um acidente:

  • Risco de ferimentos e mortes de pessoas;
  • Dano ambiental;
  • Dano patrimonial (espaço físico e ativos da planta).

A norma IEC61508 define requisitos para funcionalidade e integridade de um sistema. Os requisitos para funcionalidade são baseados no processo e os de integridade estão voltados à confiabilidade, que é definida como SIL. Existem quatro níveis discretos e que têm três importantes propriedades:

  1. Aplicável à total função de segurança;
  2. Quanto maior o nível de SIL mais rígidos são os requisitos;
  3. Aplicáveis aos requisitos técnicos e não-técnicos.

A avaliação de SIL tem crescido nos últimos anos principalmente em aplicações químicas e petroquímicas. César Cassiolato, Diretor de Marketing, Qualidade e Assistência Técnica da Smar, explica que é possível expressar a necessidade do nível SIL em função do provável impacto na planta e na comunidade. “Estes impactos podem ser pequenos à propriedade e proteção da produção ou catastrófico para a comunidade. E bem aplicado no processo, oferecerá proteção aos empregados, à comunidade, e também à produção e à propriedade”, finaliza.

 

Fonte: Mensagem Marketing e Comunicação