Tecnologia: Em parceria, Smar e SENAI desenvolvem Projeto Inovador

quinta-feira, 28 de outubro de 2010



Acreditando no valor da pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, a Smar iniciou, neste mês, um projeto inovador em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Sertãozinho, SP.

Neste projeto, que terá duração de 18 meses, será desenvolvido um chip para backplanes industriais gigabit Ethernet. “A criação deste chip permitirá implantar um barramento de comunicação de backplane usando tecnologia Ethernet Gigabit, integrando os controladores do SYSTEM302, de forma rápida, padronizada e inovadora”, detalha Delcio Prizon, Gerente de Desenvolvimento da Smar.

Prizon ainda explica que com o uso de VLANs, técnica utilizada em redes Ethernet, será possível criar canais independentes de comunicação dentro da mesma estrutura do backplane. “Isto permite a independência de fluxos de controle e supervisão dos fluxos de redundância entre controladores”, comenta.

Este é o primeiro projeto que o SENAI de Sertãozinho desenvolverá relacionado ao Edital SESI/SENAI Inovação. A pesquisa é realizada na Smar e inclui um bolsista do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), que é também integrante da equipe responsável por gerar o protótipo funcional do projeto. O SENAI atuará na gestão e também nas fases de desenvolvimento de requisitos e testes.

Segundo Prizon, todo o processo de desenvolvimento do chip será devidamente documentado, sendo, inclusive, criadas patentes da nova tecnologia. “Palestras e apresentações sobre o assunto também serão realizadas na Smar, em colégios técnicos e em todas as comunidades de interesse. Vamos criar e divulgar a novidade”, enfatiza.

A Smar já possui experiência neste tipo de projeto. Há alguns anos, a empresa desenvolveu um protótipo de chips para a rede AS-i, por meio de uma bolsa do FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos). Com o SENAI, é a primeira vez que acontece a parceria. “Vamos trabalhar para que seja um sucesso. A busca por novas tecnologias é essencial para o crescimento do país”, finaliza Prizon.

 

Fonte: Mensagem Marketing e Comunicação