Como Implementar Projetos com Fieldbus

 

Capítulo 1
1- Introdução
  1.1-Objetivos
  1.2-Considerações Iniciais
  1.3-Definições
  1.4-Níveis de Protocolo
  1.4.1-Níveis de Software
  1.4.2-Nível Físico
  1.5-Benefícios do FIELDBUS
  1.6-Comparações com as tecnologias anteriores

 

Capítulo 2
2- Detalhando um projeto FIELDBUS
  2.1-Considerações e limitações
  2.2-Possibilidades de topologias
  2.2.1-Arquitetura de sistemas
  2.2.2-Uso de Barreiras de Proteção
  2.3-Componentes de um projeto FIELDBUS e suas características
  2.3.1-Cabos
  2.3.2-Aterramento, "shield" e polaridade
  2.3.3-Comprimento dos barramentos
  2.3.4-Conectores
  2.3.5-Blocos de terminais
  2.3.6- "Host Devices"
  2.3.7- Repetidores, "Bridges" e "Gateways"
  2.3.8-Tipos de equipamentos
  2.3.8.1-Interface FIELDBUS controladora de processos (PCI)
  2.3.8.2-Fonte FIELDBUS de alimentação (PS 302)
  2.3.8.3-Filtro FIELDBUS para Barramento (PSI 302)
  2.3.8.4-Barreiras FIELDBUS de segurança intrínseca (SB 302)
  2.3.8.5-Terminador FIELDBUS (BT 302)
  2.3.8.6-Transmissor FIELDBUS de pressão (LD 302)
  2.3.8.7-Transmissor FIELDBUS de temperatura (TT 302)
  2.3.8.8-Conversor de FIELDBUS para corrente (FI 302)
  2.3.8.9-Conversor de corrente para FIELDBUS (IF 302)
  2.3.8.10-Conversor pneumático para FIELDBUS (FP 302)
  2.3.8.11-Posicionador FIELDBUS (FY 302)
  2.3.8.12-Controlador Lógico Programável LC 700 com interface FIELDBUS
  2.3.8.13-Interface FIELDBUS de Campo Distribuída (DFI 302)
  2.3.9-Exemplo de documentação de um projeto

 

Capítulo 3
3-Configuração dos instrumentos
  3.1- Introdução
  3.2- Estudo dos blocos funcionais
  3.3- Definições Fieldbus
  3.3.1- Parâmetros dos Blocos
  3.3.2- Tipos de Parâmetros
  3.3.3- Modos de operação dos blocos
  3.3.4- Status das variáveis
  3.3.5- Parâmetros de Opções
  3.3.5.1- STATUS_OPTS
  3.3.5.2- IO_OPTS
  3.3.5.3- CONTROL_OPTS
  3.4- Configuração de transmissores e conversores
  3.4.1- Escalonamento de blocos de função
  3.4.2- Configuração da rede Fieldbus
  3.4.3- Exercícios de configuração
  3.5- Programação do Controlador Lógico Programável
  3.5.1- Uso do configurador
  3.5.1.1- Definição do hardware
  3.5.1.2- Definição de variáveis reais e virtuais
  3.5.1.3- Configuração do ladder
  3.5.1.4- Configuração de blocos FIELDBUS
  3.5.2- Exercício 1 - Acionamento de motor com proteção
  3.5.3- Exercício 2 - Link com FIELDBUS; alarme de alta
            temperatura acionando uma saída do LC700

 

Capítulo 4
4-IHM -Sistemas Supervisórios
  4.1 - Introdução
  4.2 - Instalação
  4.3 - Funções, características e benefícios de overview
  4.4 - Grapic Builder
  4.5 - Driver FIELDBUS - Configuração da Base de Dados
  4.5.1 - Iniciando a Configuração do Sistema
  4.5.2 - Mapeamento de comunicação para dispositivos FIELDBUS
  4.5.3 - Configuração das Variáveis FIELDBUS
  4.5.3.1 - Configuração Single Point
  4.5.3.2 - Configuração Multi Point
  4.6 - Configuração Multi Point

 

Capítulo 5
 5- Exemplo de projeto com tecnologia FIELDBUS
   5.1 - Resumo
   5.2 - Introdução
   5.3 - Malha de controle
   5.4 - Planta civil com metragens
   5.5 - Descrição do processo
   5.6 - Configuração da rede FIELDBUS
   5.7 - Estratégia de controle em blocos