» Artigos Técnicos
» Blogs
» SYSTEM302 - Sistema de Controle de Processos
» Prêmios e Reconhecimentos
» Medição de Pressão e Vazão
» Medição de Temperatura
» Medição de Densidade
» Medição de Nível
» Posicionadores de Válvula
» Manutenção e Diagnóstico
» Suporte Técnico SMAR
» Junte-se a Nós!
» Suporte
» Notícias
» Treinamento
» Soluções de Indústrias
» Fale Conosco
» Pesquisar
» Unidade Móvel
» PATS
» SMAR Collection
Increva-se para o SMAR RSS Feed
» Próximos Treinamentos

MARÇO / 2011

TC-124- Treinamento em Instrumentação Aplicada a Caldeiras

TC-200- Treinamento em Tecnologia FOUNDATION Fieldbus

TC-207- Treinamento em Tecnologia PROFIBUS

TC-231- Treinamento em Redes Industriais de Automação

ABRIL / 2011

TC-125 - Treinamento em Instrumentação Básica para Controle de Processos

TC-204 - Treinamento SYSTEM302 Manutenção FOUNDATION Fieldbus

TC-205 - Treinamento Operacional em Planta Didática PD-3

TC-330 - Treinamento em Configuração & Manutenção de Sistema AuditFlow

SMAR Software
Faça o download dos software disponíveis para os produtos SMAR.
SMAR Firmwares

Verifique todas as versões de firmwares disponíveis para os produtos SMAR.

Certificados de Produtos SMAR
Veja a lista completa de Certificados disponíveis para os produtos da SMAR.
Biblioteca de Arquivos de Produtos SMAR

Download os arquivos deDD, DTM e GSD dos produtos SMAR (protocolos HART, FOUNDATION Fieldbus e PROFIBUS PA)

Sempre fornecendo Soluções Confiáveis
Bookmark and Share

 

Transmissor de Posição SMAR

AUTOMAÇÃO DE TOSTADORES COM MEDIÇÃO DO NÍVEL DE FARINHA



Pablo A. Batch
Gerente de Engenharia da ESCO ARGENTINA S.A.
pbatch@escoarg.com.ar

Uma das etapas mais importantes da produção de óleos de origem vegetal é realizada num dessolventizador, equipamento de dissolução fragmentada de gordura ou tostador (em inglês Desolventizing-Toasting ou DT).

O tostador é composto por uma série de pratos (geralmente entre 4 e 10 pratos) nos quais se deposita a farinha a ser tratada.

A farinha entra pela parte de superior do tostador e desce para os pratos inferiores através de uma válvula com tampa que regula a velocidade da queda. A precipitação da farinha é apoiada pelo movimento conjunto dos agitadores num eixo vertical que atravessa o tostador. Injetando vapor na contra-corrente (dos pratos inferiores para os superiores), o calor gerado elimina os resíduos de solvente ainda presentes na farinha, antes de seguir para as próximas  etapas do processo.

A farinha que chega ao prato inferior foi previamente tratada e segue para os processos seguintes.

Para obter do tostador uma automação eficiente é necessário medir o nível de farinha em cada prato e regular o fluxo de vapor e a passagem da farinha através das válvulas de tampa.


Controle de nível entre os pratos

Um dos pontos mais críticos do sistema de automação do tostador reside na medição do nível de farinha de cada prato.

Geralmente se utilizam apalpadores que “sentem” a altura da farinha e transmitem seu movimento mecanicamente a um sistema de medição, que retransmite o sinal de controle ou PLC. O principal problema destes sistemas é que compreendem muitas peças móveis e movimentos mecânicos sujeitos a falhas e desgastes.

A melhor maneira de efetuar esta medição é aferir o nível por meio de um transmissor eletrônico de posição como o TP290 da SMAR. A característica fundamental desta linha de transmissores de posição é que o “tatear” se realiza sem necessidade de haver um acoplamento mecânico entre o apalpador e o transmissor.

No Transmissor de Posição SMAR TP290 a posição do apalpador é medida sem contato, através de um ímã fixado ao eixo do apalpador e de um sensor de posição por efeito Hall integrado ao transmissor. Deste modo, elimina-se o vínculo mecânico direto entre as duas partes e se obtém um sistema de medição confiável e robusto. Além disso, por utilizar uma eletrônica totalmente digital, o TP290 oferece uma saída de 4-20mA programável, de alta precisão e característica de repetição.

As ilustrações mostram de forma esquemática a maneira de montar o transmissor TP290 em cada um dos pratos do tostador, onde se pode observar o ímã aplicado ao eixo do apalpador e o sensor de efeito Hall.

O sistema de vedação dos transmissores de posição TP290 da SMAR é à prova de explosão, o que lhe permite ser instalado em áreas de risco.

O Transmissor de Posição SMAR TP290 pode ainda incorporar o display alfa-numérico de quartzo líquido que mostra de modo constante a posição do apalpador.

A configuração do Transmissor de Posição SMAR é extremamente simples, já que exige apenas mover o apalpador para a posição correspondente a 0% (4mA) e em seguida 100% (20mA), indicando ao transmissor que reconheça estas posições como limites operacionais mediante o uso de uma ferramenta eletrônica.

A linha de Transmissor de Posição SMAR é composta dos seguintes modelos:

 

Aplicações instaladas

Algumas das empresas que estão utilizando o transmissor de posição na Argentina são:

  • Bunge: Planta Pto. San Martin, Planta San Jeronimo
  • Louis Dreyfus: Planta Gral Lagos, Planta Timbues
  • Germaiz: Planta Baradero
  • Arcor: Planta San Pedro
  • Cargill: Planta Pto. San Martin
  • Molinos Rio de la Plata: Planta San Lorenzo, Planta Santa Clara
  • Vicentin
  • Terminal 6: Planta Pto. San Martin
  • Nidera:  Planta Junin y Pto. San Martin
Assistência Técnica
Instalação e Montagem
Pré-Comissionamento e Comissionamento
Testes de Malhas
Start - Up
Operação Assistida
Revisões
Metrologia
Treinamento
Consultoria em Projetos
Plano Diretor de Automação

Siga-nos:

© Copyright 2011 | SMAR Equipamentos Industriais Ltda - todos os direitos reservados - websupport@smar.com
Você está recebendo este informativo da SMAR.com.br devido seu relacionamento com o website ser assinante ou Membro Registrado. Se você deseja ser excluído de futuros e-mails informativos do website SMAR.com.br, por favor clique aqui para atualizar suas preferências ou responda este e-mail com o título REMOVER.
Este e-mail não pode ser considerado SPAM, pois está em conformidade com o Código de Ética Anti-Spam e Melhores Práticas de Uso de Mensagens Eletrônicas