loading

História


A SMAR é uma marca brasileira, criada em 1º de abril de 1974, controlada pela empresa Nova Smar S/A, baseada no município de Sertãozinho, estado de São Paulo, atualmente posicionada como Empresa de Tecnologia (Technology Company), especializada no fornecimento de soluções para controle e automação de processos industriais, atenta e acompanhando de perto o rápido avanço das tecnologias digitais, as quais tem provocado o aparecimento de recursos inovadores, diferenciados e até disruptivos, muitos deles interessantes, aplicáveis e que podem ser associados às soluções de automatização.

A SMAR desenvolve, fábrica e vende instrumentos, controladores, hardware e softwares para a medição, controle, operação e gerenciamento de ativos de manutenção. Fornece serviços de Projeto, Teste de Aceitação de Fábrica, Teste de Aceitação em Campo, Teste de Integração em Campo, Comissionamento, partida e Assistência Técnica.

Inicialmente a SMAR se tornou conhecida como prestadora de serviços de campo em turbinas a vapor na indústria açucareira brasileira. Com o início das atividades de Pesquisa e Desenvolvimento ela lançou no mercado reguladores eletrônicos como parte de um novo sistema de controle para a dosagem da quantidade de cana de açúcar nos alimentadores das moendas. Ao partir para o projeto de uma nova linha de instrumentos para controle de processos expandiu seu parque instalado para os demais segmentos da indústria. Esta iniciativa fez a marca crescer no mercado nacional e já almejando se expandir para o mercado internacional. Na década de 1990 o investimento no desenvolvimento de uma nova linha de produtos dirigiu a marca para um novo patamar de mercado, a de provedora de soluções em sistemas de controle de processos para plantas industriais. Com a experiência alcançada no desenvolvimento de um SDCD (Sistema Digital de Controle Distribuído) partiu-se para a criação do CLP (Controlador Lógico Programável) e protagonizou a criação de produtos utilizando os conceitos de uma avançada e disruptiva tecnologia digital para controle de processos, a Foundation Fieldbus, cujo empenho rendeu à marca a alcunha de “First in Fieldbus”. E a este portfólio de soluções, ao longo dos anos, vem sendo acrescentadas outras tecnologias emergentes, tais como a Profibus e WirelessHARTTM.

Uma nova janela de oportunidade está se abrindo para a marca SMAR nesta década de 2020 com o O-PASTM (Open Process Automation Standard), um “padrão dos padrões” para definir uma arquitetura de referência neutra em relação ao fornecedor, destinada à construção de sistemas de automação de processo escaláveis, confiáveis, interoperáveis e seguros, que vem ganhando a adesão dos mais importantes usuários mundiais. Por este cenário a solução SMAR está sendo novamente a protagonista do mercado, pois foi concebida embutindo os conceitos de arquitetura e as características que fazem parte deste padrão, diferentemente das soluções que estão disponíveis nos demais provedores do mercado mundial.



Missão


Suprir o mercado mundial de automação com produtos e soluções abrangentes, avançadas, práticas, robustas e de custo efetivo.



Visão


Ser uma empresa reconhecida mundialmente pelo seu caráter criativo, inovador e por uma gestão focada na satisfação dos clientes, investidores e colaboradores, atuando com responsabilidade social, ambiental e legal.



Valores


  • Criatividade e inovação;
  • Satisfação do cliente;
  • Trabalho em equipe;
  • Comunicação clara e eficaz;
  • Flexibilidade;
  • Transparência.


Política de Qualidade


Satisfazer as expectativas dos Clientes e demais partes interessadas, com produtos e serviços de qualidade, buscando a melhoria contínua dos processos e o aperfeiçoamento dos produtos e serviços, através das seguintes diretrizes:

  • Efetiva atuação da direção na definição das estratégias e objetivos;
  • Busca constante da otimização dos recursos;
  • Melhorar continuamente os processos tornando-os mais ágeis e eficientes;
  • Aprimorar a comunicação entre as diversas áreas e processos;
  • Melhorar os conhecimentos e competências dos colaboradores.